INFORMATIVOS

Efeito do aumento da expectativa de vida na Aposentadoria

O aumento da expectativa de vida para 76 anos é, sem dúvida, uma boa notícia.



O lado ruim deste avanço é que as pessoas que começaram a trabalhar cedo, e que completam o tempo de serviço com idade mais baixa, perdem muito dinheiro na hora de calcular o valor da aposentadoria.




Desde quando isso acontece? Por que esta regra é aplicada na Previdência Social?



Desde 1999 quando foi criado o fator previdenciário. Ele foi “inventado” justamente para reduzir o valor dos benefícios e desestimular os contribuintes de se aposentarem.




Então, o valor da aposentadoria por tempo de contribuição será menor quanto mais cedo o trabalhador se aposentar?



Quem começou a trabalhar cedo vai completar o tempo de serviço antes. Isso significa que ao se aposentar a pessoa será mais nova, vai viver mais, receber o benefício por mais tempo e por isso ele vai ser menor.




Quem pedir a aposentadoria com mais idade e mais tempo de serviço vai ter uma aposentadoria maior?



Certamente ela será maior considerando a regra do fator previdenciário.




Mas vale a pena retardar a aposentadoria por conta disso?



Tem que fazer cálculo.



Em alguns casos o valor do benefício pode aumentar, e muito, por que o trabalhador pode atingir a pontuação (85/95 pontos) e escapar da aplicação do fator previdenciário.



Mas esta espera pode ser um “tiro no pé” por que o trabalhador pode não viver para recuperar o valor que deixou de receber durante o tempo que adiou o pedido da aposentadoria.




O aumento da expectativa de vida pode ser uma das razões da reforma da previdência?



Muita coisa mudou: o comportamento das pessoas mudou; as mulheres foram para o mercado de trabalho, retardaram a maternidade e passaram a ter menos filhos.



A População Economicamente Ativa (PEA) diminuiu, a automação e a informação aumentaram (estamos na 4ª Revolução Industrial) e certamente o aumento da expectativa média de vida de 76 anos para homens e mulheres é outro fator importante na reforma da previdência. Quando a Previdência foi idealizada em 1960 a expectativa de vida era 52,5 anos. Muita diferença.




O aumento da expectativa de vida prejudica só no cálculo da aposentadoria por tempo de contribuição ou em outra espécie de benefício também?



Isso mesmo, só na aposentadoria por tempo de contribuição. Em alguns casos, como na aposentadoria por idade, ele pode até beneficiar.




Quem está pensando em se aposentar por tempo de contribuição, tem como escapar dessa redução?



Existem algumas situações que dá para driblar o fato previdenciário.



As Pessoas com Deficiência – PD que se aposentaram a partir de 08/05/2013 e que se aposentarão daqui para frente podem ficar livres da aplicação do fator previdenciário, além de poderem se aposentar 2, 6 ou até 10 anos antes das pessoas totalmente capazes, dependendo do grau da deficiência: leve, moderada, grave.



Aposentadorias por idade, especial e aposentadoria por tempo de contribuição por pontos também.





 Fonte: https://g1.globo.com/bemestar/noticia/2018/11/29/expectativa-de-vida-do-brasileiro-ao-nascer-foi-de-76-anos-em-2017-diz-ibge.ghtml



Aposentfácil 2019 - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: TECLABS